Previdência Social e consulta de benefícios

Publicidade

Você já deve ter ouvido falar sobre a Previdência Social, mas sabe exatamente o que ela significa?

Trata-se de um seguro social, controlado pelo governo, que garante aos contribuintes uma renda mensal quando estes não puderem exercer suas funções, seja por motivos de doença, invalidez, idade, morte, desemprego involuntário, maternidade ou reclusão.

Em suma, quando o profissional contribuinte para de trabalhar, ele passa a ter o direito de receber o benefício. A verba destinada aos beneficiários substitui o salário dos profissionais. Seu valor é calculado pelo INSS.

Uma das formas mais comuns para recebê-lo é com a aposentadoria, definida pelo tempo de contribuição ao INSS, por incapacidade do trabalho (invalidez) ou pela idade avançada do trabalhador. O auxílio-doença e pensão por morte também são benefícios oferecidos pela Previdência Social.

“Todo cidadão e toda cidadã, a partir de 16 anos de idade, que contribui mensalmente com a Previdência Social é chamado segurado ou segurada e tem direito aos benefícios e serviços oferecidos pelo INSS”, informa a carta de serviços do instituto.

busca previdência social
busca previdência social

Como funciona a previdência Social

Ela é um seguro patrocinado pelo Governo Federal que garante a aposentadoria para o contribuinte quando ele estiver impossibilitado de trabalhar. Os trabalhadores com registro em carteira contribuem automaticamente com uma porcentagem do seu salário e é responsabilidade da empresa organizar os repasses ao INSS.

Já os profissionais autônomos, podem optar pela contribuição via carnê ou fazer um plano de previdência privada — assunto para um próximo post.

Cadastro na Previdência social

Quando o trabalhador obtém sua carteira de trabalho é gerado automaticamente seu número de Inscrição do Trabalhador (NIT), é através dele que a previdência vai controlar quem trabalha e quem não, no caso dos trabalhadores de carteira assinada já que a empresa paga automaticamente ao Governo todos os meses descontando uma porcentagem do salário do empregado.

Para os trabalhadores autônomos que contribuem em forma de carnê, o pagamento é realizado mensalmente também de acordo com o valor do seu efetivo declarado. Para que você entenda melhor, a previdência conta com dois tipos de segurados:

  • Não filiado: são pessoas com menos de 16 anos, ou todos aqueles que precisam inscrever-se na Previdência sem necessariamente contribuir – beneficiários, tutores, curadores, entre outros.
  • Filiado: é quem deseja contribuir para o INSS, de forma obrigatória ou por opção (como contribuinte facultativo), ou seja, os trabalhadores.

Para cadastrar-se acesse o portal Meu INSS no menu lateral esquerdo, escolha a opção “Inscrição como Segurado do INSS”, clique na opção “Cidadão” e, no menu superior, em “Inscrição” e escolha a opção filiado e preencha seus dados pessoais.

Canais de Atendimento

Consulta de benefício previdencia social
Consulta de benefício previdencia social

Para consultar seus benefícios você clique aqui. Tenha em mãos o número do benefício e CPF.

Com eles ainda é possível agendar a sua perícia online, basta clicar aqui.

Em caso de dúvidas entre em contato com a central de atendimento pelo número 135 ou acesse o Portal da Previdência Social, nele é é possível ainda agendar o atendimento, obter informações sobre os documentos necessários para requerer benefícios, além de endereços e horários das Agências da Previdência Social.

Cada Agência possui um horário de atendimento. Para se informar sobre a unidade mais próxima, acesse o localizador de APS.

Segundo informações do portal da Previdência, o agendamento é obrigatório para o requerimento de benefícios.

4.6 de 5
Deixe seu comentário
Não envie dados pessoais como CPF, RG ou renda anual.