Cadastro único 2023: Atualizações, novidades, novo cadastro e agendamento

O Cadastro Único, conhecido como CadÚnico sofreu algumas mudanças neste ano, veja tudo o que você precisa saber sobre o CadÚnico 2023. 

O CadÚnico é um cadastro do Governo Federal, onde são inclusas famílias em situação de vulnerabilidade social. Facilitando aos gestores a identificação de quem necessita algum tipo de auxilio. 

Em 2023, muitas dúvidas poderão ser tiradas online, e um pré cadastro pode ser feito no site ou no aplicativo. Diminuindo assim as filas na hora do atendimento presencial.

É importante que mesmo as famílias que já estão cadastradas, mantenham os seus dados atualizados, para que os benefícios não sejam cortados.

Ele é uma ferramenta importante para o governo, pois permite uma distribuição mais eficiente de benefícios sociais e programas de transferência de renda, além de ajudar a identificar as necessidades da população de baixa renda e tomar decisões mais informadas sobre políticas públicas.

Vantagens do Cadastro Único

  1. Identificação de famílias de baixa renda: permite a identificação das famílias de baixa renda, o que facilita o acesso a programas sociais e benefícios governamentais.
  2. Maior eficiência na distribuição de benefícios: Com o Cadastro Único, o governo tem informações mais precisas sobre as famílias de baixa renda, o que permite uma distribuição mais eficiente de benefícios sociais.
  3. Evita duplicidade e fraudes: ele evita a duplicidade de registros e a fraude, pois permite verificar se uma pessoa já recebe algum benefício social ou se está incluída em outro programa social.
  4. Facilita a tomada de decisões: O CadÚnico fornece informações importantes sobre as condições sociais e econômicas das famílias de baixa renda, o que ajuda o governo a tomar decisões mais informadas sobre como investir em políticas públicas e programas sociais.
  5. Promove a inclusão social: O Cadastro ajuda a promover a inclusão social das famílias de baixa renda, fornecendo acesso a programas e benefícios que possam melhorar suas condições de vida.

Quem pode se inscrever no CadÚnico 2023

Familias que:

  • Possuem renda mensal por pessoa de até meio salário mínimo;
  • Possuem renda acima dessas, mas que estejam vinculadas ou querendo algum programa ou benefício que utilize o Cadastro Único em suas concessões;
  • Famílias com renda total de até 3 salários mínimos;
  • Além disso, é necessário ter uma situação de vulnerabilidade social, como, por exemplo, a presença de crianças, adolescentes, idosos, pessoas com deficiência ou gestantes na família.

Como se inscrever

Conforme informamos acima, neste ano é possível realizar um pré cadastro via aplicativo. Porém, de qualquer maneira será necessária a apresentação dos documentos de maneira presencial em uma unidade do CRAS. 

  1. Baixe o Aplicativo: Android ou IOS;
  2. Defina quem será o responsável pela família (uma pessoa maior de 16 anos e de preferência mulher).
  3. Preencha o pré cadastro e agende o seu horário no CRAS mais próximo.
  4. Agende seu horário aqui.

Após o pré-cadastro, o responsável familiar terá 120 dias para ir ao posto de atendimento completar o cadastro do Cadúnico.

Documentos Necessários

Ao agendar o atendimento presencial no CRAS, o responsável pela família deverá levar os seguintes documentos: 

  1. RG ou título de eleitor do responsável familiar.

Além disso, é essencial apresentar pelo menos um dos documentos a seguir de todos os membros da família:

  • Certidão de Nascimento;
  • Certidão de Casamento;
  • CPF;
  • Carteira de Identidade (RG);
  • Certidão Administrativa de Nascimento do Indígena (RANI);
  • Carteira de Trabalho;
  • Título de Eleitor;
  • Comprovante de residência dos últimos 3 meses;

Se você já é cadastrado, não esqueça de realizar a renovação a cada 5 anos, ou sempre que houver alteração na estrututa familiar.

4.6 de 5
Deixe seu comentário
Não envie dados pessoais como CPF, RG ou renda anual.